Semearhis - Semeando Impacto Social

Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Ser professor na Educação Especial - Uma grande vontade de fazer a diferença!

Em homenagem ao dia do Professor, separamos um relato de quem atua nessa profissão tão humana e necessária.

Kizzy Morejon BLOG 130 views 0 min. de leitura

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

      Ser professor de pessoas com deficiência nos dias atuais. Ah! Uma grande responsabilidade e uma imensa vontade de que estes alunos aprendam conosco!

      Ser professor de Educação Especial... Creio que precisamos de mais reconhecimento e valorização. As escolas precisam ter a consciência de que ensinar é, sobretudo, um ato de AMOR!!! E, nesta perspectiva, lançar mão de tudo que for necessário para que possamos dar nosso melhor para nossos alunos, sempre. Ser educador é ser um "amador" de pessoas!!! Parabéns neste dia aos profissionais da área.

     Na atual conjuntura do país, eu diria que as condições do ensino de PCD estão nas pautas das discussões, embora na prática precisemos de muito ainda para conseguir suprir as “necessidades especiais destes alunos”. As discussões acaloradas acerca das políticas públicas em Educação Especial, tem nos colocado num papel importante e decisivo. Hoje prefiro me referir a uma “inclusão efetiva e humanizada”, pois quando humanizamos, deixamos um pouco de nós no outro e recebemos muito dele, construindo conceitos básicos como: empatia, cooperação e fraternidade. E nestes 21 anos de Educação Especial, percebi a necessidade de haver uma formação consciente e competente na área, pois estamos lidando com VIDAS de pessoas, e esta merece todo nosso respeito e dedicação.

     Nos caminhos e descaminhos da área, nos deparamos com situações tão complexas e adversas que é necessário um conhecimento de causa para fazer nossa atuação pedagógica com presteza e comprometimento. Ter em mente que há um caminho de via dupla entre o ensinar e o aprender, é fundamental. Podemos utilizar aqui, as palavras de Glória Mendes, de um livro que se chama “O desejo de conhecer e o conhecer do desejo: mitos de quem ensina e de quem aprende”; nesta obra ela traz uma fala genial, e esta é uma das grandes verdades da educação para mim, ela diz que, “A criança que não é olhada, não pode sentir o desejo de aprender, pois não sente do professor, o desejo de ensiná-la!”. Nesta colocação podemos perceber a importância de olhar os nossos alunos com os olhos da alma; e, perceber o quanto é linda a arte do processo de ensino e aprendizagem, numa troca constante de saberes científicos e populares. E, sim, merecemos todos os aplausos, pois com cada pessoa com deficiência que atendemos, cada novo aprendizado, cada conquista, vem do amor que sentimos pela nossa profissão. Parabéns neste dia aos profissionais da área.

Kizzy Morejon

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
Kizzy Morejon
Kizzy Morejon

Consultora em Acessibilidade.Doutora em Psicologia USP. Educação especial, psicologia da educação e do desenvolvimento, políticas públicas e educação.

Todas as publicações do(a) autor(a)

Olá, deixe seu comentário para Ser professor na Educação Especial - Uma grande vontade de fazer a diferença!

Enviando Comentário Fechar :/
Artigos Relacionados
CONTRASTE
DALTÔNISMO
CONFIGURAÇÃO ORIGINAL