Semearhis - Semeando Impacto Social

Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

4 fatores essenciais na contratação de Pessoas com Deficiência

4 fatores essenciais na contratação de Pessoas com Deficiência

Saiba quais atitudes precisam ser tomadas na hora de incluir uma pessoa com deficiência no seu time.

Assessoria de Imprensa BLOG 84 views 0 min. de leitura

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

De acordo com dados divulgados em 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em média 24% dos brasileiros possuem algum tipo de deficiência, o que equivale a quase 45 milhões de pessoas. 45 milhões de pessoas que querem igualdade, que precisam se desenvolver, trabalhar e conquistar uma vida plena, como qualquer outra.

 

Visando melhorar essa questão, em 1991 foi promulgada a Lei nº 8.213, conhecida como lei de cotas. Ela estabelece que empresas com cem ou mais funcionários preencham de 2% a 5% de seus cargos com pessoas com deficiência. A porcentagem varia conforme o número total de empregados. Contudo grande parte das PcD ainda encontram dificuldades para entrar no mercado de trabalho. Assim a contratação exige, primeiramente, um preparo da empresa. Por isso vamos apresentar 4 fatores essenciais na hora de contratar uma pessoa com deficiência.

 

Recrutamento e seleção

Um processo de recrutamento bem desenhado é essencial para a contratação assertiva de profissionais qualificados, por isso é importante que os requisitos estejam adequados também ao público PcD. Ter acessibilidade nas entrevistas, como por exemplo, um intérprete de libras para traduzir quando o candidato é surdo ou deficiente auditivo, é fundamental, assim como adaptações do espaço para possibilitar o acesso de pessoas com alguma limitação física.

 

Acessibilidade

Esta é uma questão fundamental. Para que tudo corra bem, a empresa deve analisar se o seu local de trabalho está adaptado, garantindo a segurança e autonomia da pessoa com deficiência, de acordo com a NBR-9050, que pauta a adequação dos seguintes fatores:

 

·         arquitetônico — barreiras ambientais e físicas;

·         atitudinal — preconceitos, estigmas, estereótipos e discriminações;

·         comunicacional — barreiras na comunicação interpessoal;

·         metodológico — barreiras nos métodos e técnicas de trabalho;

·         instrumental — barreiras nos instrumentos e ferramentas de trabalho;

·         programático — barreiras invisíveis embutidas em políticas e normas da empresa.

 

Outro ponto importante a ser observado é a ergonomia, que visa, além de adaptar as condições de trabalho, pensar também nas condições psicofisiológicas do colaborador.

 

Gestão humanizada

A contratação de uma PcD deve envolver toda a instituição, por isso é fundamental implementar programas que conscientizem e capacitem toda a empresa, assim os colaboradores irão aprender não só sobre inclusão, mas também sobre empatia. A conscientização é fundamental para evitar constrangimentos vindos de tratamentos diferenciados (de apoio, ou rejeição) entre os colegas.

A sensibilização dos supervisores e líderes de equipes sobre a inclusão deve estar bem consolidada. Conhecer as realidades existentes para as PcD é indispensável para um bom relacionamento e convivência.

A Comunicação deve ser clara para garantir que todos tenham a informação correta dos objetivos da inclusão, do programa de sensibilização e da sua importância para a empresa e para os novos colaboradores.

 

Conte com um apoio especializado

A inserção de um programa de inclusão, para ter êxito, requer conhecimento e experiência em diversos sentidos. 

Os principais motivos para a impermanência de pessoas com deficiência são as questões comportamentais e de relacionamento. Por isso, além dos fatores já apresentados, o suporte de um parceiro especializado faz toda a diferença. Esse trabalho pode facilitar e agilizar a integração de toda a equipe.

Em suma, o processo de inclusão deve ser o mais natural possível, contudo depende antes de uma comunicação interna clara e acessível.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Imprensa

A Semearhis é uma startup de impacto social voltada para o relacionamento humano, especializada na inclusão assertiva de pessoas com deficiência (PCD)

Todas as publicações do(a) autor(a)

Olá, deixe seu comentário para 4 fatores essenciais na contratação de Pessoas com Deficiência

Enviando Comentário Fechar :/
Artigos Relacionados
CONTRASTE
DALTÔNISMO
CONFIGURAÇÃO ORIGINAL