Semearhis - Semeando Impacto Social

Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Os desafios de uma Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho

Os desafios de uma Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho

Em pleno século XXI, ainda precisamos falar sobre o preconceito no ambiente corporativo.

Assessoria de Imprensa BLOG 69 views 0 min. de leitura

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail

É inegável que o mercado de trabalho avançou muito em termos de tecnologia. Seja com o desenvolvimento de softwares e sistemas cada vez mais autônomos, seja com a possibilidade de trabalho remoto, a lista de ganhos é enorme. Contudo, quando se trata de igualdade, ainda seguimos a passos lentos: existe muito preconceito no mercado de trabalho, ainda mais quando falamos de pessoas com deficiência. Estamos falando de um público que não é valorizado por sua competência, têm desvantagem em relação a salários e, ainda, sofrem exclusão ou bullying no ambiente corporativo.

 

Um panorama geral:

Desde 1991, a Lei 8.213/91 exige que empresas com mais de cem funcionários tenham uma cota de contratação de pessoas com deficiência — entre 2 e 5% da equipe, dependendo da quantidade de trabalhadores. E além disso, é papel da empresa, em especial do setor de Recursos Humanos, promover a inclusão das pessoas com deficiência no ambiente de trabalho, divulgando informações e capacitando os funcionários para o dia a dia com os novos colegas. Essas iniciativas evitam constrangimentos e discriminações, e promovem a sensibilização do time todo para que a nova dinâmica da companhia funcione. Entretanto, são poucas as empresas que dedicam esforços a esse tema, e quando dedicam, nem todos os funcionários estão dispostos a colaborar. 

 

Desafios a serem enfrentados:

Encontrar uma vaga de emprego alinhada às suas habilidades e objetivos é o primeiro passo para a independência financeira de qualquer pessoa. As responsabilidades que o trabalho traz despertam no PcD os sentimentos de capacidade e importância, fundamentais no desenvolvimento de sua autoconfiança, já que ele percebe que está sendo útil à empresa e à sociedade, porém ainda existem alguns obstáculos nesse caminho.

Um levantamento da Vagas.com em parceria com a Talento Incluir apontou que quatro a cada 10 pessoas com deficiência relataram discriminação no ambiente profissional, sendo que:

  • - 9% dessas pessoas contaram ter sofrido isolamento e rejeição;
  • - 12% tiveram dificuldades para crescer na empresa, ou seja, conseguir uma promoção;
  • - 57% foram vítimas de bullying.

Entre as queixas desses profissionais, de acordo com a pesquisa, as mais recorrentes foram:

  • - Falta de oportunidades (66%);
  • - Baixa remuneração (40%);
  • - Ausência de plano de carreira (38%);

Outro grande desafio a ser enfrentado é a falta de infraestrutura nas organizações para receber as pessoas com deficiência, como rampas de acesso para cadeirantes, banheiros adaptados, sinalizações em braille e sinais sonoros para pessoas com deficiência visual.

 

Um relato de quem sente na pele:

De acordo com Luana Rolim, fisioterapeuta e vereadora com Síndrome de Down, o preconceito está presente em toda a trajetória das pessoas com deficiência:

Tive sim preconceito nas ruas, e na faculdade alguns dos meus colegas me excluíam dos trabalhos.

Segundo a Luana, o preconceito acontece principalmente pela falta de conhecimento das pessoas a respeito da deficiência, e é preciso conscientizar a sociedade para que ele possa ser combatido:

Como eu falei, sofri preconceito nas ruas porque algumas pessoas que não entendem a Síndrome de Down ficam me olhando do pé a cabeça [...] são pessoas que não tem estudos e conhecimento do assunto, sabe?!  Por isso que nós precisamos de mais políticas públicas e projetos para investir na Síndrome de Down. Nós precisamos de uma corrente forte, precisamos de mais estudos, mais cursos, mais capacitação para os professores...

Para nós como sociedade, existe o desafio de entender a realidade PcD, buscando conhecimento acerca do assunto e desmistificando suas habilidades e limitações, para que haja uma interação mais justa e igualitária no dia a dia.

Já para as empresas e instituições, existe uma necessidade de capacitar e adaptar seu ambiente para acolher a pessoa com deficiência. Ao promover a inclusão, elas cumprem seu papel de responsabilidade social e, além disso, ganham diversos benefícios, como a troca de opiniões e experiências que vem com a diversidade, e que podem gerar novas soluções para antigos problemas.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
Assessoria de Imprensa
Assessoria de Imprensa

A Semearhis é uma startup de impacto social voltada para o relacionamento humano, especializada na inclusão assertiva de pessoas com deficiência (PCD)

Todas as publicações do(a) autor(a)

Olá, deixe seu comentário para Os desafios de uma Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho

Enviando Comentário Fechar :/
Artigos Relacionados
CONTRASTE
DALTÔNISMO
CONFIGURAÇÃO ORIGINAL